Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Michelle Obama diz: ‘Barack conhece o esforço de vocês’

Em discurso na convenção democrata, a primeira-dama exaltou a trajetória de vida do marido: 'Obama conhece o sonho americano porque ele o viveu'

Estrela principal do primeiro dia da convenção democrata, realizada na cidade de Charlotte, na Carolina do Norte, a primeira-dama Michelle Obama subiu ao palanque na noite desta terça-feira para exaltar as semelhanças de seu marido com o americano comum e tentar resgatar o otimismo e a esperança que cercaram a campanha de Barack Obama em 2008 – e foram fundamentais para sua vitória.

“Barack conhece o esforço de vocês”, falou Michelle para a plateia de milhares de partidários democratas – e para os milhões de americanos em dificuldades econômicas que acompanharam o discurso pela televisão. “Ele sabe o que é querer algo melhor para seus filhos e netos. Barack conhece o sonho americano porque ele o viveu, e quer que todos neste país tenham a mesma oportunidade.”

Leia também: Na convenção democrata, Hollywood contra-ataca

Apesar de nunca ter mencionado o nome do rival de seu marido – a tarefa de atacar Romney ficou com os democratas que discursaram antes dela -, o contraste entre Obama e o republicano apontado no discurso de Michelle foi bastante claro. “Eu vi que os problemas que chegam à mesa do presidente são aqueles difíceis, que nenhuma quantidade de dados ou números vai ajudar a resolver”, afirmou, em uma sutil indireta aos elogios dos republicanos à experiência administrativa de Romney.

Leia também: Quem são e o que defendem os candidatos à Casa Branca

Michelle retratou Obama como alguém que venceu inúmeras dificuldades na vida e conseguiu, sem abandonar seus valores e convicções, trilhar com sucesso o caminho até a Casa Branca. Mas sem nunca se esquecer de suas origens. “Eu vi em primeira mão que ser presidente não muda quem você é – apenas revela.” Em um momento mais pessoal do discurso, a primeira-dama lembrou das dificuldades financeiras do casal no começo de seu namoro e citou que, nos primeiros encontros, Obama a buscava em casa com um carro enferrujado. “Erámos tão jovens, tão apaixonados e tão endividados”, suspirou.

Economia – O grande objetivo da convenção democrata – e o principal desafio do partido até novembro – é convencer os eleitores desiludidos com a primeira gestão de Obama de que um segundo mandato será melhor para a economia, ao mesmo tempo em que apresenta a solução do republicano Mitt Romney, calcada em cortes no orçamento, como inadequada. O maior obstáculo do democrata é o índice de desemprego, estacionado em 8%. “No entanto, se Obama ficar concentrado apenas na economia, tem grandes chances de perder”, afirma Larry Sabato, professor de Ciências Políticas na Universidade de Virgínia. “Assim, ele deve ampliar seu enfoque e falar de questões sociais.”

Entre os temas sociais abordados por Obama devem ter destaque o casamento gay, a emancipação da mulher, a igualdade de gêneros e a educação. Outros trunfos que Obama deve apresentar aos 5.000 delegados do Partido Democrata presentes ao evento são as conquistas na política externa, sobretudo a morte do terrorista Osama Bin Laden, e a reforma do sistema de saúde.

Próximos dias – Na quarta-feira, o destaque entre os oradores será o ex-presidente Bill Clinton, que deverá fazer um discurso evocando o crescimento econômico da década de 1990, quando os democratas estavam no poder. Ele também deve se dirigir aos brancos trabalhadores – grupo que Obama tem dificuldades para conquistar. Na quinta, último dia da convenção, acontece o esperado discurso de Barack Obama.