Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Michelle Obama abraça Bush e revela amizade improvável

A casal Obama e a família Bush trocaram abraços e conversas durante a inauguração do Museu de História Afro-americana

Por Da redação 26 set 2016, 09h36

Em um momento de tensão política nos Estados Unidos, um gesto simpático mostrou a amizade improvável de antigos rivais. No sábado, a primeira-dama, Michelle Obama, deu um abraço carinhoso no ex-presidente republicano George W. Bush, antecessor de seu marido, o democrata Barack Obama. A família Obama e o casal Bush estiveram presentes na inauguração do Museu Nacional de História e Cultura Afro-americana, em Washington.

https://vine.co/v/5vXI6ag3WuV

O gesto de Michelle não passou despercebido aos americanos, que comentaram o episódio nas redes sociais. Enquanto alguns consideraram um sinal de cortesia em uma época de brigas na corrida eleitoral, outros não gostaram da simpatia com o republicano. O presidente também ajudou Bush a tirar uma foto e chegou a fazer brincadeiras com o antecessor durante seu discurso. “Chega de conversa, o presidente Bush está me cronometrando”, brincou, após meia hora de fala.

Leia também:
Hackers divulgam imagem do passaporte de Michelle Obama
Programa de TV da Coreia do Norte faz piada com Obama
Michelle Obama canta e dança Beyoncé em programa de TV

Por cortesia ou simplesmente por educação, não é a primeira vez que os Obama e os Bush se mostram bons amigos. Segundo o jornal The New York Times, as famílias costumam trocar conselhos sobre a vida pública, especialmente sobre as filhas. Antes de se mudarem passa Casa Branca, no início de 2009, Michelle foi convidada por Laura Bush a levar Sasha e Malia para darem uma volta na nova residência. As meninas receberam dicas das gêmeas Barbara e Jenna Bush.

Além disso, a pouco mais de um mês das eleições de 8 de novembro, Bush preferiu se manter longe das campanhas. Enquanto Obama é um forte defensor de Hillary, o seu antecessor preferiu guardar para si a preferência nas urnas e não declarou apoio a Trump. Contrariando o partido, seu pai, o também ex-presidente George H. W. Bush, afirmou que votará em Hillary.

Vídeo: Obama ajuda Bush a tirar foto

Continua após a publicidade
Publicidade