Clique e assine a partir de 9,90/mês

México quer que rei da Espanha e papa peçam perdão por colonização

O México se tornou independente da Espanha em 27 de setembro de 1821, um ano antes da independência brasileira

Por Da Redação - 26 mar 2019, 01h19

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, anunciou nesta segunda-feira que enviou uma carta ao rei Felipe VI da Espanha e ao papa Francisco solicitando pedidos de perdão por danos cometidos contra povos originários durante a conquista espanhola da América.

“Enviei uma carta ao rei da Espanha e outra carta ao papa para que façam um relato de danos e peçam perdão aos povos originários pelas violações ao que agora se conhece como direitos humanos”, anunciou López Obrador em vídeo em sua página oficial do Facebook.

O México se tornou independente da Espanha em 27 de setembro de 1821 – após uma longa guerra -, um ano antes da independência brasileira.

Obrador acrescentou, ainda, que o reconhecimento dos danos por parte da Espanha e da Igreja são “a única forma de obter reconciliação plena”.

Continua após a publicidade

Fontes oficiais da Espanha e da Igreja Católica ainda não se manifestaram sobre o pedido.

(Com AFP)

Publicidade