Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

México: 35 corpos com marcas de tortura encontrados sob viaduto

Por Str 21 set 2011, 07h03

A polícia encontrou 35 corpos nesta terça-feira em Boca del Rio, na zona metropolitana do porto de Veracruz, sobre o Golfo do México, e todos apresentavam marcas de tortura, informou a procuradoria estadual.

“Temos 35 mortos até o momento”, assinalou um funcionário da procuradoria do estado de Veracruz em Xalapa, 400 km a leste da Cidade do México.

Imagens da TV local mostraram alguns corpos sobre a rua e outros dentro de duas caminhonetes cobertas com plásticos azuis.

O procurador de Veracruz Reynaldo Escobar já havia informado a localização de “vários corpos” sob um viaduto da avenida Adolfo Ruiz Cortinez, em Boca del Río, e que as vítimas tinham antecedentes criminais.

“Foi confirmado, com base na (banco de dados policiais) Plataforma México, que todos (os mortos) tinham antecedentes criminais ou se dedicavam a atividades ligadas ao crime organizado, tais como sequestro, extorsão, homicídio e narcotráfico, entre outros crimes”.

Continua após a publicidade

“Devem pertencer a mesma organização” criminosa e “todos apresentam sinais de tortura”, revelou Escobar.

O jornal La Jornada revelou que vários corpos estavam “com as mãos amarradas e alguns, mutilados”.

Um funcionário da procuradoria disse que os corpos são de 23 homens e 12 mujeres.

Na madrugada de segunda-feira, ao menos 32 detentos escaparam de três prisões de Veracruz, em fugas quase simultâneas, e apenas 14 foram recapturados, mas segundo o jornal Milenio, a procuradoria não vê relação entre os casos.

Em Veracruz estão se multiplicando os ataques do cartel Los Zetas, cujas células têm se deslocado para a região diante das operações policiais no vizinho estado de Tamaulipas.

Continua após a publicidade
Publicidade