Clique e assine a partir de 9,90/mês

Mesquita e centro de convenções são alvo de bombas na Alemanha

A polícia de Dresden, no leste da Alemanha, suspeita que os ataques foram motivados por xenofobia

Por Da redação - 27 Sep 2016, 08h13

Duas bombas explodiram em uma mesquita e um centro de convenções na cidade de Dresden, na Alemanha, na noite de segunda-feira. Os incidentes no município do leste do país não deixaram feridos, mas causaram danos materiais.  Segundo informou a polícia nesta terça-feira, há indícios de que os ataques foram motivados por xenofobia.

Até o momento, ninguém assumiu a autoria dos dois atentados, que aconteceram simultaneamente, informou o chefe de polícia Horst Kretzschmar. As forças de segurança também anunciaram um reforço na cidade para o próximo fim de semana, que contará com festividades pelo Dia da Unidade, feriado que comemora a reunificação da Alemanha.

Leia também:
Merkel assume responsabilidade por revés de seu partido em Berlim
Militares alemães irão combater tráfico de armas no Mediterrâneo
Alemanha prende 3 refugiados sírios suspeitos de colaborar com EI

Os investigadores afirmaram terem encontrado destroços de uma bomba de fabricação caseira no interior da mesquita. Quando aconteceu a detonação, se encontravam no local o imã, sua mulher e seus dois filhos. Nenhum deles ficou ferido, mas a explosão destruiu a porta do templo, empurrando-a para dentro. A outra explosão aconteceu no Centro Internacional de Congressos de Dresden, onde também foi encontrada uma bomba caseira.

Após os atentados, a direção da polícia de Dresden decidiu, em coordenação com o consulado da Turquia, proteger os estabelecimentos muçulmanos da cidade.  Tanto as duas mesquitas da cidade quanto o Centro Islâmico ficarão sob vigilância das forças de segurança.

Continua após a publicidade

(Com EFE)

Publicidade