Clique e assine a partir de 8,90/mês

Merkel diz que ataque a Barcelona é contra ‘nosso estilo de vida’

Macron, papa Francisco e Hillary Clinton também se pronunciaram sobre atentado que matou ao menos 14

Por Da redação - Atualizado em 18 ago 2017, 11h05 - Publicado em 18 ago 2017, 08h45

Angela Merkel afirmou nesta sexta (18) que os atos terroristas na Espanha mostraram “mais uma vez o completo desprezo pela vida humana com o qual o Estado Islâmico opera.” A chanceler da Alemanha descreveu a violência desta quinta (17), em Barcelona e Cambrils, na Catalunha, como uma agressão ao “nosso estilo de vida”. Os ataques deixaram ao menos 14 mortos.

“Barcelona significa tantas coisas que compõem nosso modo de vida no mundo livre: beleza, tolerância, joie de vivre, o pacífico encontro de pessoas de todos os país e culturas”, disse. “O terrorismo pode nos trazer horas amargas e profundamente tristes, mas nunca nos derrotar.”

Repercussão

O presidente da França, Emmanuel Macron, transmitiu a solidariedade e afirmou que está disposto a contribuir com “toda a ajuda necessária”. O ministro das Relações Exteriores Jean-Yves Le Drian viajará à cidade para visitar os franceses feridos.

O papa Francisco também se pronunciou para condenar a “violência cega” do atentado. Em mensagem dirigida ao arcebispo de Barcelona, cardeal Juan José Omella y Omella, o pontífice expressou “profundo pesar pelo cruel atentado que semeou morte e dor em La Rambla” e oferece suas orações pelas vítimas “que perderam a vida em uma ação tão desumana”.

No documento, o líder máximo da Igreja Católica classifica o ato terrorista como “gravíssima ofensa ao Criador”.

A ex-secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton publicou mensagem de apoio em seu Twitter: “Barcelona, você tem a nossa determinação e apoio diante desse ataque covarde. Estamos juntos contra o terrorismo onde quer que aconteça”, escreveu.

Diversos políticos americanos demonstraram solidariedade, entre eles o presidente, Donald Trump, e o seu antecessor no cargo, Barack Obama.

(com Associated Press e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade