Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Menino de 11 anos leva pistola para aula após massacre

Estudante ameaçou colegas e disse estar preocupado com ataque em Newtown

Um menino de 11 anos foi denunciado por posse de arma de fogo após ser descoberto com uma pistola na sala de aula na segunda-feira, alegando estar preocupado com o massacre ocorrido em uma escola primária de Newtown (Connecticut), informou na terça-feira um funcionário local. O incidente ocorreu na Escola West Kearns, em Kearns, subúrbio de Salt Lake City, Utah, disse Ben Horsley, porta-voz do distrito escolar da região.

Segundo Horsley, o menino levou uma pistola calibre 22 à escola e ameaçou colegas na sala de aula antes de ser descoberto. “Ele alegou que estava armado para se proteger e a seus amigos de um ataque ao estilo Connecticut”, disse Horsley. O menino foi denunciado por seus colegas e o professor “agiu imediatamente, levando o aluno para a sala do diretor”.

Leia também:

Leia também: Barack Obama apoia projeto de lei para controlar armas

A arma foi encontrada na mochila do menino e estava descarregada, mas ele tinha munição. Não está claro se a munição era do mesmo calibre da pistola. A polícia deteve o menino, que foi acusado de posse de arma e ameaça, “já que agitou a arma de forma ameaçadora para três colegas”, disse Horsley.

Na última sexta-feira, Adam Lanza, de 20 anos, matou a mãe e dirigiu-se à escola primária Sandy Hook, em Newtown, Connecticut, onde abriu fogo e deixou 20 crianças e seis adultos mortos, antes de cometer suicídio. A investigação sobre o ataque ainda deve levar meses para ser finalizada, segundo a polícia.

(Com agência France-Presse)