Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Menina albina de 5 anos é morta e desmembrada por grupo no Burundi

Órgãos de albinos são usados em rituais de bruxaria no país africano

Uma menina albina de cinco anos de idade foi raptada, morta e desmembrada por homens armados em um vilarejo no Burundi, país da África Subsaariana. A criança havia sido sequestrada na última quarta-feira, dia 17, mas o corpo só foi encontrado nesta sexta. Segundo as autoridades locais, os bandidos puxaram brutalmente os membros da menina até arrancá-los.

A polícia abriu uma investigação para apurar os motivos do crime, mas não tem dúvidas de que o assassinato ocorreu porque a vítima era albina, pois o grupo armado invadiu a casa da família e levou apenas a criança. Trata-se do primeiro homicídio de uma pessoa com albinismo no Burundi em quatro anos.

Desde 2008, o país já presenciou mais de 20 casos do tipo, com os órgãos dos mortos sendo vendidos para rituais de bruxaria. Na vizinha Tanzânia, existe a crença de que partes de corpos de albinos servem para criar poções mágicas.

Leia também:

Mulher aparece no próprio velório e choca homem que encomendou sua morte: o marido

Ruanda planeja expulsar 75.000 refugiados burundineses

Confrontos violentos em Burundi deixam mais de 130 mortos

(Com ANSA)