Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Medvedev ordena investigação minuciosa após tragédia aérea

Por Alexander Nemenov 8 set 2011, 07h13

O presidente russo, Dmitri Medvedev, determinou nesta quinta-feira uma “investigação minuciosa” após uma série de catástrofes aéreas, ao visitar o local do quarto acidente com um avião, ocorrido na véspera, desde junho.

“Ordenei ao comitê de investigação que execute um trabalho minucioso”, declarou, após o acidente que matou 43 pessoas na região de Yaroslavl (300 km ao nordeste de Moscou).

“Não podemos continuar assim. Destinamos mais recursos financeiros, mas a situação continua sendo ruim, como demonstra a série de catástrofes aéreas deste verão”.

As equipes de resgate anunciaram ter localizado os corpos das 43 vítimas da tragédia, em sua maioria jogadores da equipe de hóquei no gelo do Lokomotiv, uma das mais importantes do país.

A equipe viajava a Minsk (Belarus) para disputar a primeira partida da temporada.

“Os corpos das 43 vítimas falecidas na queda do avião Yak-42 na região de Yaroslavl foram encontrados”, afirma um comunicado do ministério de Situações de Emergência.

Um auxiliar de voo e um jogador do Lokomotiv Yaroslavl, Alexander Galimov, sobreviveram à catástrofe, mas ambos estavam internados em situação crítica.

Continua após a publicidade
Publicidade