Clique e assine a partir de 9,90/mês

Medvedev e Kim Jong-Il se reúnem na Sibéria

Por Dmitry Astakhov - 24 ago 2011, 08h53

O presidente russo, Dmitri Medvedev, se reuniu nesta quarta-feira com o dirigente norte-coreano Kim Jong-Il em uma base militar da Sibéria, no início de um encontro cercado de sigilo e que deve abordar questões de energia e de ajuda alimentar para a Coreia do Norte.

“Obrigado por ter vindo até aqui”, declarou Kim no início da reunião com Medvedev na região de Ulan-Ude, capital da república russa de Buriatia, que fica 5.500 km ao leste de Moscou.

“Tudo isto é nosso país. Além disso, entre sócios e vizinhos a distância não conta”, respondeu Medvedev em uma referência ao tamanho do território russo.

Segundo Natalia Timakova, porta-voz do presidente russo, a Coreia do Norte estaria disposta a aceitar uma moratória dos testes nucleares na hipótese de uma retomada das conversações multilaterais sobre seu programa atômico.

Continua após a publicidade

De acordo com a porta-voz, a Coreia do norte pode retornar à mesa de negociações entre seis partes (as dus Coreias, Rússia, China, Estados Unidos e Japão), paralisadas desde dezembro de 2008.

“Sem condições prévias, dentro das negociações, os norte-coreanos estão dispostos a resolver o problema respeitando uma moratória sobre os testes e a produção de combustível nuclear”, completou.

Kim Jong-Il, que chegou no sábado ao extremo oriente russo a bordo de um trem blindado, faz a terceira visita à Rússia, após as de de 2001 e 2002.

Publicidade