Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mauricio Macri: do Boca à Casa Rosada

Presidente virtualmente eleito da Argentina comandou o popular clube Boca Juniors por treze anos e é filho de um dos maiores empresários do país

Mauricio Macri, da aliança Mudemos, o novo presidente da Argentina, é filho de um dos empresários mais prósperos do país. Franco Macri, seu pai, é de origem italiana e fundador do Grupo Macri, que conta com empresas nas áreas de logística, construção e de alimentos na Argentina, no Brasil e no Uruguai.

Em 1991, Mauricio Macri foi sequestrado e mantido refém por duas semanas. Ele foi solto após o pagamento de um resgate de 6 milhões de dólares. Casado com Juliana Awada, uma ex-modelo e empresária de moda, Macri foi presidente do clube Boca Juniors por treze anos.

Leia mais:

Eleição histórica na Argentina dá vitória ao conservador Mauricio Macri

Engenheiro de formação, Macri debutou na vida política em 2003, quando concorreu pela primeira vez a prefeito da capital Buenos Aires e fundou o Partido Proposta Republicana, o PRO. Só conseguiu vencer na eleição seguinte, em 2007, e foi reeleito em 2011. Nesse mesmo ano, antes de tentar a reeleição, chegou a anunciar a entrada na corrida presidencial, mas desistiu da disputa pela Casa Rosada ao perceber que não poderia derrotar Cristina Kirchner.

Ao longo da campanha de 2015, Macri voltou-se para as camadas mais baixas da sociedade argentina, buscando conquistar os eleitores de seu adversário kirchnerista. Prometeu manter benefícios sociais, criar renda mínima para os idosos e desenvolver o maior plano de infraestrutura da história.

Macri tomará posse como presidente da Argentina no próximo dia 10 de dezembro.

(Da redação)