Clique e assine com até 92% de desconto

Marido da rainha Elizabeth recebe alta após 4 dias internado

Aos 90 anos, o príncipe Philip foi submetido a uma angioplastia com urgência

Por Da Redação 27 dez 2011, 07h41

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II da Grã-Bretanha, recebeu nesta terça-feira alta do hospital após ter permanecido internado quatro noites para se submeter a uma angioplastia. Aos 90 anos, o duque de Edimburgo sorriu e acenou à imprensa ao deixar de carro o hospital Papworth de Cambridge por volta das 7h20 (no horário de Brasília) para encontrar-se com a rainha Elizabeth II e os demais membros da família real em Sandringham (Norfolk), o tradicional refúgio natalino da realeza britânica.

Na sexta-feira à tarde, o marido de Elizabeth II teve de ser internado de urgência ao sentir dores no peito e na mesma noite foi submetido a uma angioplastia para desbloquear uma artéria coronária. Os porta-vozes reais informaram que a cirurgia foi um sucesso. Por isso, o duque de Edimburgo foi impedido de participar na segunda-feira do feriado de Boxing Day, a tradicional caçada que ele mesmo organiza a cada ano. Segundo a rede BBC, os médicos recomendaram repouso ao príncipe. Esse foi o maior “susto” até o momento relacionado com sua saúde, revela a imprensa britânica.

Embora a família real tenha mantido a agenda nos últimos dias, durante o fim de semana vários membros se aproximaram ao hospital para vê-lo. No sábado passaram por lá a rainha e seus quatro filhos, Charles, Anne, Andrew e Edward, e na segunda-feira seus seis netos adultos, entre eles os príncipes William e Harry, filhos do herdeiro da Coroa.

Felipe de Mountbatten, que nasceu na ilha grega de Corfu em 10 de junho de 1921, é o marido mais longevo na história da monarquia britânica. Ele está casado há 64 anos com a rainha Elizabeth II, com quem tem quatro filhos, oito netos e uma bisneta.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade