Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Mansão de ‘bispo do luxo’ pode virar ‘sopão’ ou centro de refugiados

Representantes da Igreja Católica na Alemanha discutem o que fazer com residência que custou 93 milhões de reais

Por Da Redação
28 out 2013, 13h35

Após ser suspenso pelo papa Francisco, Franz-Peter Tebartz-van Elst, o “bispo do luxo” de Limburg, na Alemanha, pode ver sua luxuosa mansão ser convertida em local de acolhimento e alimentação para pobres ou em um centro de refugiados. Essas são algumas das propostas consideradas por representantes da Igreja Católica na Alemanha, que tentam conter o estrago provocado pela revelação de que o bispo gastou 31 milhões de euros (93 milhões de reais) da sua diocese na residência episcopal da sua diocese, segundo uma reportagem publicada pela revista Der Spiegel no domingo.

Leia também:

Papa ordena saída de “bispo do luxo” de diocese alemã

“Essa residência é como um pecado que o bispo deixou em sua passagem. As pessoas que buscam refúgio conosco poderiam ser alimentadas nela”, disse um porta-voz da organização de caridade católica Cáritas, durante uma inspeção na mansão. De acordo com a revista, a transformação do lugar em um centro de refugiados ou em um ‘sopão’ ajudaria a retomar o espírito de humildade que imperava durante a gestão de Franz Kamphaus, o antecessor imediato de Tebartz-van Elst no bispado de Limburg, que chegou a se mudar para um seminário após ceder a residência episcopal para uma família de imigrantes da Eritreia.

Ainda segundo a revista, os representantes católicos alemães ainda consideram a possibilidade de transformar o local em uma atração turística, abrindo sua capela para o público e convertendo parte do local em um café. Na semana passada, o papa Francisco ordenou que Tebartz-van Elst fosse afastado por tempo indeterminado da diocese. A decisão foi tomada dois dias após um encontro do bispo com o papa para discutir o escândalo na Igreja da Alemanha, num momento em que o pontífice busca ressaltar a importância da humildade e de servir aos pobres.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.