Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manifestantes se aglomeram em frente à TV pública paraguaia para apoiar Lugo

Assunção, 2 jul (EFE).- Cerca de mil pessoas se concentraram nesta segunda-feira em apoio ao ex-presidente Fernando Lugo em frente à sede da ‘TV Publica’ do Paraguai, em Assunção, onde horas antes já tinha havido uma manifestação popular similar.

A mobilização foi convocada pela Coordenadora Nacional pela Defesa da Democracia. O local original do ato era a Praça da Democracia, mas depois foi transferido à sede da televisão, epicentro dos protestos a favor de Lugo.

O ex-bispo perdeu a Presidência no dia 22 de junho passado após um ‘julgamento político’ no Parlamento, que aprovou impeachment. Foi substituído por Federico Franco, seu até então vice-presidente.

A sede do canal público, fundado pela equipe de Lugo em 2011, congrega diariamente cerca de poucas centenas de pessoas, que participam do programa ‘Microfone Aberto’ e que nesta segunda-feira esperavam um possível discurso de Lugo.

‘Frauderico Franco, manda-chuvas pirata, foi eleito por 39 ratos!’, gritavam em coro os manifestantes, a maioria jovens, em alusão aos 39 senadores que votaram pela destituição de Lugo. ‘Não elegemos este governo’ e ‘Paraguai resiste ao golpe’ diziam alguns dos cartazes da concentração.

Um dos que discursaram no protesto foi o espanhol Willy Meyer, que liderou uma missão da Esquerda Unitária Europeia-Esquerda Verde Nórdica do Parlamento Europeu. Ele se reuniu com Lugo nesta segunda-feira.

Meyer disse à Agência Efe que sua missão não foi de observação, mas de apoio ao ex-presidente: ‘viemos expressar toda nossa solidariedade ao povo paraguaio e repudiar o governo golpista instaurado’.

Outra ruidosa manifestação de partidários de Lugo, também com aproximadamente mil pessoas, tinha sido registrada horas antes nas ruas de Assunção até chegar ao Panteão dos Heróis, ao lado da Praça da Democracia. EFE