Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Manifestantes do ‘Ocuppy Wall Street’ são detidos na madrugada em NY

Por Da Redação 1 jan 2012, 18h02

Nova York, 1 jan (EFE).- Cerca de 50 simpatizantes do movimento Occuppy Wall Street foram presos na madrugada deste domingo em Nova York em enfrentamentos com a Polícia após ocupar por horas a praça do sul da cidade que tinham transformado em símbolo de seus protestos e que foi desalojada em novembro.

‘As pessoas estavam fartas das barricadas na praça e decidimos ocupá-la de novo para passar a noite de ano novo ali’, afirmou à Agência Efe Jason Amadi, porta-voz do movimento, que disse que a situação voltou a ficar ‘tensa’ e causou enfrentamentos com a Polícia que deixaram um saldo de 50 detidos.

O movimento Ocuppy Wall Street começou em setembro em Nova York, e se estendeu a várias cidades do país, que mantiveram acampamentos durante mais de dois meses para protestar contra os excessos e a falta de regulação do sistema financeiro.

O Departamento de Polícia, que não quis confirmar o número exato de detenções durante a madrugada, explicou que um de seus agentes foi agredido com tesouras por um manifestante e teve que ser levado a um hospital.

Convocadas pelo movimento, mais de 500 pessoas chegaram à praça Zucotti por volta de 22h do sábado, onde levantaram as barricadas instaladas há semanas pela Polícia.

Segundo Amadi, os agentes responderam jogando gás de pimenta e com a prisão de várias pessoas. Após o incidente, os manifestantes continuaram esperando a chegada do Ano Novo no interior da praça.

Já Amadi explicou que após 1h30 do domingo os agentes se mobilizaram para desocupar a praça, onde estavam cerca de 100 pessoas. Os manifestantes se deslocaram para o bairro de SoHo, onde continuaram os enfrentamentos com a Polícia e foram detidas dezenas de pessoas. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade