Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manifestantes contra a cúpula do G7 enfrentam policiais na França

Segundo o jornal 'Le Monde', 68 pessoas foram detidas pela polícia na cidade de Bayonne

Uma manifestação na cidade de Bayonne, na França, contra a cúpula do G7, que é realizada na vizinha Biarritz, terminou em confronto entre cerca de 100 manifestantes e policiais neste sábado, 24.

Alguns dos manifestantes jogaram garrafas e outros objetos contra a polícia, que respondeu primeiro com gás lacrimogêneo e depois com jatos d’água, segundo uma porta-voz da subprefeitura local. Segundo o jornal Le Monde, 68 pessoas foram detidas pela polícia, e 38 ainda estão sob custódia.

Entre os participantes do protesto estavam membros de algumas associações envolvidas na chamada “contra-cúpula”, um evento paralelo realizado na região para criticar a cúpula do grupo dos sete países mais indistrializados.

Centenas de agentes que haviam sido enviados a Bayonne para tentar evitar possíveis distúrbios participaram da operação de hoje.

A subprefeitura estabeleceu um perímetro de segurança na cidade, com controles de identificação para os que nela chegassem. Muitos comerciantes fecharam as lojas, temendo que elas fossem danificadas durante protestos.

Mais cedo, na cidade de Hendaye, outro grupo de manifestantes contrários à cúpula do G7 – cerca de 10.000 pessoas – fizeram uma passeata de cerca de 3 quilômetros até Irún, na Espanha, sem distúrbios.

As autoridades espanholas e francesas chamaram a atenção, há dias, para a possibilidade de elementos violentos contrários ao sistema se infiltrarem no movimento com a intenção de provocar incidentes, embora os promotores da iniciativa tenham reiterado, desde segunda-feira 19, que todas as suas atividades seriam pacíficas.

(Com EFE a Agência Brasil)