Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manifestantes atacam pela 2ª vez embaixada britânica

Estudantes islâmicos são contra as sanções econômicas de Londres ao Irã

Um novo grupo de estudantes islâmicos atacou nesta terça-feira pela segunda vez a embaixada britânica em Teerã às 18h (12h30 de Brasília), informou a agência estudantil local Isna. Na ação, os jovens saquearam e destruíram documentos.

A agência indicou que, apesar da atuação da Polícia, que cerca a embaixada da Grã-Bretanha em um bairro ao norte de Teerã, os estudantes conseguiram subir no muro do prédio com bandeiras e cartazes. Parte deles entrou nas instalações.

Precedente – Mais cedo, também nesta terça-feira, dezenas de manifestantes iranianos invadiram a embaixada britânica em protesto contra as sanções de Londres ao programa nuclear iraniano. O episódio ocorre um dia depois de o Irã aprovar uma legislação que diminui as relações diplomáticas com o governo britânico, em retaliação ao recente boicote às instituições financeiras e empresas iranianas adotado por Londres e Washington para pressionar o país islâmico a interromper seu programa nuclear, altamente suspeito de desenvolver armas atômicas segundo relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Reação – Em resposta, o governo britânico condenou o protesto, a que chamou de ‘inaceitável’, e pediu ao Executivo iraniano que defenda seus diplomatas em serviço no país.

(Com agência EFE)