Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mais 50 baleias morrem encalhadas em praia da Nova Zelândia

Com novo caso, já são mais de 200 animais encontrados sem vida na costa do país em apenas uma semana

Por Redação Atualizado em 30 nov 2018, 12h47 - Publicado em 30 nov 2018, 12h44

Mais 51 baleias-piloto morreram depois de encalhar em uma praia das Ilhas Chatam, na Nova Zelândia. Com o novo caso, já são mais de duzentas baleias vitimadas em incidentes isolados no país ao longo da última semana.

Segundo o Departamento de Conservação neozelandês, entre 80 e 90 baleias encalharam na Baía de Hanson na quinta, 29. Algumas dezenas delas conseguiram voltar ao mar, mas 50 foram encontradas mortas e uma teve que ser sacrificada.

“Não havia possibilidade de conseguirmos salvar a baleia remanescente. Infelizmente, foi feita a decisão pela eutanásia. Foi a atitude mais humana.”, disse Dave Carlton, o diretor de Operações do DoC nas ilhas.

  • Seguindo uma prática comum da Nova Zelândia, oficiais estão trabalhando em conjunto com as comunidades Maori locais na organização do enterro das baleias, na areia atrás da praia. Amostras de pele e gordura dos animais foram coletadas para análise, declarou o Departamento.

    As mortes acontecem menos de uma semana depois de 145 baleias da mesma espécie terem sido encontradas sem vida em uma praia remota da Ilha Stewart, no extremo sul da Nova Zelândia. Dez orcas-pigmeias também morreram em uma praia ao norte, no domingo, 25.

    A Ilhas Chatam foram o cenário do maior encalhe em massa da história do país, que aconteceu em 1918, envolvendo 1.000 baleias.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade