Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maduro nega erro com bandeira após crítica de Ricky Martin

Cantor postou vídeo em que presidente venezuelano fala de Cuba e mostra bandeira porto-riquenha. Maduro reclamou, pediu retratação e criticou EUA

O cantor porto-riquenho Ricky Martin retirou nesta quarta-feira um vídeo publicado em sua página no Twitter que trazia um trecho de discurso do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, depois de o próprio presidente pedir, argumentando tratar-se de manipulação.

O vídeo, postado terça-feira pelo cantor na rede social, mostrava Maduro em um evento de premiação a um escritor porto-riquenho, na semana passada. No trecho destacado, o venezuelano está falando de Cuba quando pega a bandeira de Porto Rico. “Maduro confunde bandeira de Porto Rico com a de Cuba”, escreveu o cantor em seu perfil.

Leia também:

Venezuela expulsa americano acusado de conspiração

Maduro anuncia expulsão de americano e difunde teorias conspiratórias

Nesta quarta, Maduro fez um chamado ao artista para que se corrigisse “mundialmente”, porque havia se deixado levar por uma “manipulação”, segundo ele, capitaneada pelo inimigo externo da Venezuela, os Estados Unidos. Ele também mostrou pequenas bandeiras de Cuba e de Porto Rico dizendo que as daria de presente ao cantor. O venezuelano explicou que pegou a bandeira logo antes de começar a falar sobre o país de origem do vencedor do prêmio.

Além de reclamar com o cantor, o herdeiro político de Hugo Chávez voltou a atacar os EUA, defendendo a independência da ilha. “Eu me sinto orgulhoso de sua bandeira, mas me sentiria mais orgulhoso de ti, Ricky Martín, querido compatriota caribenho, se não tivessem apenas bandeira, mas também uma pátria livre, uma república independente”, disse Maduro.

Leia mais:

Leia mais: Judiciário rejeita recursos contra eleições na Venezuela

Depois do apelo do venezuelano, Ricky Martin postou outra mensagem no Twitter dizendo “amar” a Venezuela e ressaltando que a “lição foi aprendida”. “Não quero que pensem que houve intenção de intervir em seus temas políticos. Nunca me expresso para ofender, mas sim para compartilhar. #PAZ”. Ao que Maduro respondeu, também pela rede social, parabenizando o artista pela “lição de humildade”. “Venezuela também te ama. Viva Porto Rico”.

Porto Rico é território dos EUA desde que saiu da alçada da Coroa Espanhola, no fim do século XIX. Os moradores do enclave americano no Caribe fizeram um referendo no ano passado no qual apenas 5% dos votantes optaram pela independência. A maioria decidiu por se tornar o 51º estado americano, condição que, para se tornar realidade, depende de decisão em Washington.