Clique e assine a partir de 9,90/mês

Maduro é alvo de suposto atentado em Caracas, mas sai ileso

Segundo Ministro da Informação, Jorge Rodríguez, artefatos voadores continham carga explosiva

Por Redação - Atualizado em 4 ago 2018, 20h57 - Publicado em 4 ago 2018, 20h53

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, abandonou, de emergência, hoje (4/8) um ato televisionado com militares no centro de Caracas pela comemoração dos 81 anos da criação da Guarda Nacional Bolivariana (GNB).

No ato, transmitido em rede obrigatória de rádio e televisão, Maduro defendia as últimas medidas econômicas tomadas por seu governo quando um som interrompeu seu discurso. A mesma transmissão mostrou os militares formados romperem fileiras e evacuarem o ministro da Defesa, Vladimir Padrino.

O ministro de Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez, confirmou que o presidente Maduro foi vítima de um atentado com “artefatos voadores do tipo drone que continham uma carga explosiva”, e que saiu ileso do incidente. “Nosso presidente Nicolás Maduro está em perfeito estado de saúde, em perfeitas condições”, disse Rodríguez, em um pronunciamento transmitida pela televisão estatal VTV.

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade