Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maduro diz que Trump adotou estilo ‘quase nazista’ ao falar da Venezuela

Ditador venezuelano criticou o líder americano por pensar que pode dar ordens aos militares do país

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta segunda-feira, 18 que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, adotou um “estilo quase nazista” ao falar sobre o país sul-americano e criticou o líder americano por pensar que pode dar ordens aos militares da Venezuela. “Quem é o comandante das Forças Armadas? Donald Trump? Em Miami? Eles acham que são os donos do país”, afirmou o líder venezuelano.

As críticas de Maduro a Trump foram transmitidas em uma transmissão ao vivo feita na conta do presidente venezuelano no Twitter. Elas vêm na esteira de um comício feito pelo americano em Miami, Flórida, onde Trump fez duras críticas ao regime de Maduro e às Forças Armadas venezuelanas, que apoiam o presidente do país, e não o opositor Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente interino da Venezuela e tem o apoio de diversos países, incluindo os EUA.

Mais cedo, Trump disse que os militares venezuelanos poderiam escolher entre aceitar a oferta de anistia de Guaidó e viver a vida em paz com suas famílias ou escolher um segundo caminho, que seria o de seguir apoiando Maduro. “Se escolherem esse caminho, não encontrarão nenhum refúgio, não haverá uma saída fácil. Vocês perderão tudo”, afirmou o presidente dos EUA. Nesta segunda-feira, Guaidó disse que exigiu que os militares deixem a ajuda humanitária entrar no país no próximo sábado, apesar de ordens de Maduro para bloquear a entrada.