Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Maduro afirma que Chávez apareceu em túnel do metrô de Caracas

Presidente venezuelano também já tinha visto o falecido caudilho em forma de passarinho

Por Da Redação - 31 out 2013, 07h53

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, não se cansa de passar vergonha com suas invencionices. Desta vez, ele revelou mais um contato mediúnico com o além e exibiu na noite de quarta-feira uma suposta imagem do rosto do falecido Hugo Chávez, que teria aparecido nas obras de um túnel do metrô de Caracas. “Olhem a figura, um rosto. Esta foto foi feita pelos trabalhadores. Quem está neste rosto? Os trabalhadores estão ali, trabalhando e lhes aparece uma imagem na parede e, assim como apareceu, desapareceu. Chávez está em todas as partes”, disse Maduro, sorrindo, em um encontro com movimentos populares no Poliedro de Caracas.

Leia também

Maduro inventa outra: o ministério da Suprema Felicidade Social

Maduro culpa Homem-Aranha por criminalidade na Venezuela

Publicidade

Maduro diz que ‘muitas vezes’ dorme junto à tumba de Chávez

Visões – Em abril, durante a campanha para a eleição presidencial convocada após a morte de Chávez, em 5 de março, Maduro afirmou ter visto o falecido comandante encarnado em um passarinho. Desde então, em vários discursos imitou o som do pássaro para fazer referência à presença de Chávez.

Maduro foi muito criticado e alvo de piadas de opositores pela referência, mas disse que não estava preocupado. Em junho, o presidente venezuelano afirmou que Chávez “aparecia” nas montanhas que dominam a paisagem de Caracas. “Cada vez que observo a montanha, vejo Chávez aparecer na montanha. Chávez nosso de todos os dias”, afirmou durante um evento público em Caracas.

Publicidade