Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Madonna: provocação a McCain

Por Giancarlo Lepiani 25 ago 2008, 09h25

Com agência France-Presse

A equipe de John McCain criticou neste domingo a cantora Madonna, que teria comparado, durante um show de sua nova turnê, o candidato republicano à Casa Branca ao líder nazista Adolf Hitler. O porta-voz da campanha de McCain, Tucker Bounds, condenou veementemente a produção do show. Durante apresentação na cidade de Cardiff, no País de Gales, um vídeo misturou imagens do candidato a fotos de Hitler e do ditador do Zimbábue, Robert Mugabe.

“As comparações são indignas, inaceitáveis e grosseiramente discriminatórias, tudo ao mesmo tempo”, afirmou Bounds ao canal de TV Fox News, conhecido por apoiar os republicanos. O porta-voz de McCain reclamou do apoio das celebridades a Barack Obama — segundo ele, os famosos usam calúnias e ataques no lugar do candidato, que se beneficia sem precisar sujar as mãos.

O suposto ataque a McCain aconteceu durante a canção Get Stupid, quando, na projeção de um vídeo de advertência contra a destruição do planeta, se pode ver o candidato republicano numa sucessão veloz de imagens, que também inclui Hitler e Mugabe. No fim da canção, aparecem fotos de conhecidos pacifistas como Mahatma Gandhi e John Lennon, numa série que incluiu o último Nobel da Paz, o democrata e ex-vice-presidente Al Gore e o adversário de McCain, Barack Obama.

Continua após a publicidade
Publicidade