Clique e assine a partir de 8,90/mês

Macacos roubam amostras de sangue com coronavírus na Índia

Técnico de laboratório foi surpreendido por animais no campus de uma faculdade de medicina na cidade de Meerut

Por Reuters - Atualizado em 29 Maio 2020, 14h44 - Publicado em 29 Maio 2020, 14h15

Na Índia, um grupo de macacos atacou um técnico de laboratório e retirou amostras de sangue de pacientes que apresentaram resultado positivo para o novo coronavírus, revelaram autoridades locais nesta sexta-feira, 29. O ataque ocorreu nesta semana, quando o profissional estava andando no campus de uma faculdade de medicina estatal na cidade de Meerut, 460 quilômetros ao norte de Lucknow, capital do estado de Uttar Pradesh.

“Os macacos pegaram e fugiram com as amostras de sangue de quatro pacientes com Covid-19 que estão em tratamento. Tivemos que colher suas amostras de sangue novamente”, disse o Dr. SK Garg, principal funcionário da faculdade.

ASSINE VEJA

As consequências da imagem manchada do Brasil no exterior O isolamento do país aos olhos do mundo, o chefe do serviço paralelo de informação de Bolsonaro e mais. Leia nesta edição
Clique e Assine

As autoridades não deixaram claro se os macacos derramaram as amostras de sangue, mas pessoas que vivem perto do campus arborizado temem uma maior disseminação do vírus pelas áreas residenciais próximas. Garg disse que não está claro se os macacos podem contrair o coronavírus se entrarem em contato com o sangue infectado.

“Não foram encontradas evidências de que os macacos possam contrair a infecção”, disse Garg. Acredita-se que o vírus tenha saltado de animais para pessoas em um mercado de vida selvagem na cidade chinesa de Wuhan no final do ano passado.

A Índia registrou 165.799 casos de coronavírus e 4.706 mortes. Durante a quarentena, macacos estão cada vez mais se deslocando para bairros residenciais na Índia e causando distúrbios, até mesmo atacando pessoas. Ambientalistas dizem que a destruição do habitat natural é a principal razão pela qual os animais se mudam para as áreas urbanas em busca de comida.

Continua após a publicidade
Publicidade