Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lugo realiza quimioterapia nesta quinta-feira

O retorno a Assunção está previsto para a sexta-feira. Entenda o linfoma não-Hodgkin

Há mais de 20 tipos diferentes de linfomas não-Hodgkin. Nos últimos 25 anos, o número de casos diagnosticados no Brasil duplicou entre pessoas com idades acima de 60 anos

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, realizará sua primeira sessão de quimioterapia nesta quinta-feira, segundo antecipou a coluna Radar de VEJA.com. Ele chegou ao Brasil na tarde da última terça-feira para realizar exames com o objetivo de confirmar o diagnóstico de seu câncer linfático no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Segundo nota divulgada pelo hospital, Lugo concluiu a realização dos exames para o diagnóstico do câncer e foi possível confirmar a hipótese de envolvimento ósseo. “Com esta confirmação, a equipe médica definiu o tratamento quimioterápico que terá início hoje”, informou a nota.

Ao chegar ao país, Lugo, de 59 anos, realizou exame de sangue, tomografia e biópsia para verificar a existência de outros nódulos e tumores e para poder estabelecer qual será o tipo de tratamento adotado. De acordo com a equipe médica brasileira, trata-se de um linfoma folicular não-hodgkin. A previsão é que o presidente retorne a Assunção na sexta-feira para dar continuidade ao tratamento.

Lugo descobriu o câncer após um check-up de rotina. Na semana passada, ele foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um gânglio na virilha, que apontou para a existência de um linfoma maligno em estágio inicial.

Há mais de 20 tipos diferentes de linfomas não-Hodgkin. Conforme o Instituto Nacional de Câncer, nos últimos 25 anos, o número de casos diagnosticados no Brasil duplicou entre pessoas com idades acima de 60 anos. Em 2008, 3.568 pessoas morreram no país em decorrência da doença.

Os fatores de risco para o desenvolvimento desse câncer incluem o sistema imune comprometido, exposição a certos agentes químicos e a altas doses de radiação. Entre os sintomas mais comuns estão o aumento dos gânglios do pescoço, axilas ou virilha, além de sudorese noturna excessiva, febre e perda de peso sem explicação. Os linfomas podem ter um crescimento lento e nem sempre os pacientes apresentam sintomas. No caso de Lugo, os médicos afirmam que o câncer é curável.