Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lugo dá continuidade a seu gabinete para fiscalizar novo governo

O presidente paraguaio destituído Fernando Lugo anunciou nesta segunda-feira que dará continuidade a seu gabinete para fiscalizar o novo presidente Federico Franco, que, por sua vez, deu posse a novos ministros no Palácio Presidencial.

Pouco antes do amanhecer, Lugo se reuniu com integrantes de seu gabinete até sexta-feira passada, quando foi destituído por um julgamento político sumário no Congresso.

Ele anunciou que dará continuidade a seu corpo de ministros ao estilo de um ‘gabinete sombra’ do oficial, para controlar as atividades.

“Queremos virar fiscais, observadores e monitorar tudo o que vão fazer os novos ministros”, disse o presidente destituído.

A reunião aconteceu na sede do Partido País Solidário, integrante da coalizão que o respaldava no poder, no centro de Assunção.

Entre os ex-ministros estavam o ex-chanceler Jorge Lara Castro e o ex-ministro do Interior Carlos Filizzola, cuja substituição após o massacre de Curuguaty (nordeste) – que deixou seis policiais e 11 camponeses mortos – gerou a atual crise política.

Ao mesmo tempo, o novo presidente paraguaio, Federico Franco, deu posse nesta segunda-feira a vários ministros na sede do governo.

Entre os principais nomeados estão o ministro das Relações Exteriores, José Félix Fernández Estigarribia (Partido Liberal), e o ministro do Interior, Carmelo Caballero (Partido Colorado).