Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Los Angeles aprova uso obrigatório de camisinha em filmes

Custo da nova lei será arcado por produtores, que contestam a medida

Por Da Redação 7 nov 2012, 17h23

Uma consulta feita ao eleitorado de Los Angeles terminou com a aprovação do uso obrigatório de camisinha por atores de filmes pornôs. Segundo o jornal The Los Angeles Times, 55,9% dos eleitores aprovaram a proposta.

A medida, patrocinada por uma fundação voltada ao tratamento da Aids, prevê que o custo da nova lei será pago pelos produtores, que terão de comprar uma permissão de saúde pública para filmar na cidade californiana. Quem violar a lei terá de arcar com multas.

Os produtores já anunciaram que vão buscar formas de contestar a decisão na Justiça e ameaçam passar a filmar fora de Los Angeles.

A nova legislação é controversa na cidade. Apoiadores dizem que a medida protege a saúde do trabalhadores. Opositores dizem que é uma burocracia ineficaz e que os consumidores não vão querer comprar pornografia em que o preservativo aparece.

O referendo faz parte de uma série de medidas controversas que foram aprovadas em nível estadual durante as eleições nos Estados Unidos. Dentre elas, há a aprovação do casamento gay, a legalização da maconha e a obrigatoriedade da permissão dos pais para a realização de aborto em menores de idade.

Continua após a publicidade
Publicidade