Clique e assine a partir de 9,90/mês

Londres fecha parcialmente metrô para evitar disseminação do coronavírus

Reino Unido registra 2.626 casos de contaminação e 60 mortes; circulação de ônibus e trens também será reduzida

Por Da Redação - 19 mar 2020, 14h51

A prefeitura de Londres anunciou nesta quinta-feira, 19, o fechamento parcial do sistema metroviário da cidade como uma medida de contenção da pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), que já atingiu pelo menos de 115 países. No Reino Unido, segundo estimativa do jornal The New York Times, mais de 2.600 pessoas foram contaminadas pelo SARS-CoV-2. O país é o sétimo em mortes, com 60 registros.

Do total de 270 estações de metrô em Londres, 40 estações serão fechadas por período indeterminado a partir desta quinta, anunciou a Transport for London, encarregada do sistema. Além disso, o serviço noturno estará suspenso durante os finais de semana. Os ônibus e trens em circulação também serão reduzidos.

“As pessoas não deveriam estar circulando por nenhum meio, a menos que precisem muito, muito mesmo”, disse o prefeito londrino, Sadiq Khan.

 

Continua após a publicidade

O primeiro-ministro, Boris Johnson, havia dito na quarta-feira que o governo não descarta a adoção de medidas para isolar a capital. O premiê já decretou que todas as atividades escolares no Reino Unido sejam suspensas a partir desta sexta-feira, 20.

(Com Reuters)

Publicidade