Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Liga Árabe condena bombardeios em Homs e exige fim da violência

Cairo, 6 fev (EFE).- O secretário-geral da Liga Árabe, Nabil El Araby, condenou os bombardeios desta segunda-feira contra a cidade síria de Homs, que causaram a morte de dezenas de pessoas, e pediu a cessação imediata da violência no país.

‘Acompanhamos com muita preocupação e irritação a situação na Síria, a escalada das operações militares e o uso das armas pesadas por parte das forças sírias contra os civis’, afirmou El Araby, segundo um comunicado do órgão.

O secretário da Liga Árabe advertiu ainda para as consequências do aumento da violência em meio aos esforços árabes e internacionais para solucionar a crise.

Além disso, ressaltou que o uso da violência contra os civis ‘provocará um aumento da destruição e do derramamento de sangue, um assunto sobre o qual a Liga Árabe não pode se manter em silêncio’.

Nesta segunda, as forças leais ao presidente sírio, Bashar Al Assad, bombardearam intensamente Homs, o que causou a morte de ao menos 39 pessoas, entre elas cinco crianças.

Esta nova ofensiva acontece depois que na última sexta-feira à noite entre 147 e 260 pessoas morreram devido ao bombardeio das forças do regime, segundo diferentes fontes da oposição, que qualificaram este fato como o pior massacre desde o início da revolta, em março de 2011.

O massacre aconteceu horas antes de Rússia e China vetarem uma resolução do Conselho de Segurança da ONU para encontrar uma saída à crise na Síria mediante o apoio ao plano de transição da Liga Árabe. EFE

hh/mm