Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Líder opositor do Congo se declara presidente

Por Gwenn Dubourthoumieu 9 dez 2011, 14h38

Etienne Tshisekedi, opositor e principal rival do recém-declarado presidente reeleito da República Democrática do Congo, Joseph Kabila, rejeitou nesta sexta-feira os resultados provisórios anunciados pouco antes que o deixavam em segundo lugar e se autoproclamou “presidente eleito”, segundo declarações à AFP.

“Considero (estes resultados) como uma verdadeira provocação ao nosso povo e os rejeito totalmente. Portanto, considero-me a partir de hoje o presidente eleito da República Democrática do Congo”, declarou Tshisekedi, que agradeceu aos “seus compatriotas por sua confiança”.

Tshisekedi pediu para que seus seguidores “permaneçam unidos como um só homem” para apoiá-lo diante dos “acontecimentos que virão”.

O autoproclamado presidente eleito também pediu à “comunidade internacional” que encontre uma “solução para este problema” e que “tome todas as disposições para que o sangue do Congo não seja mais derramado na terra deste país”.

Etienne Tshisekedi obteve, segundo os resultados provisórios da Comissão Eleitoral, 32,33% dos votos, contra 48,95% para Joseph Kabila, que foi declarado vencedor nesta sexta-feira das eleições presidenciais de 28 de novembro.

Continua após a publicidade

Publicidade