Clique e assine a partir de 9,90/mês

Líbia diz que cumpre cessar-fogo e pede a presença de observadores da ONU

Ministro líbio de Relações Exteriores negou que o país esteja atacando os rebeldes

Por Da Redação - 19 mar 2011, 14h00

A Líbia pediu neste sábado ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o envio de observadores para verificar o cessar-fogo decidido na sexta-feira. O ministro líbio de Relações Exteriores, Musa Kusa, negou que Bengasi tenha sido foi atacada – a despeito de diversas evidências em contrário – e disse que o país cumpre a resolução da ONU que impôs uma zona de exclusão aérea.

“Anunciamos um cessar-fogo, e isso é prova de que a Líbia respondeu de forma positiva às decisões da ONU”, declarou Musa Kusa em coletiva de imprensa em Trípoli. “E para demonstrar nossa credibilidade, pedimos ao secretário-geral da ONU que envie observadores internacionais”, completou. “A Líbia cumpriu com todos seus compromissos com a comunidade internacional”, frisou Kusa.

(Com Agência France Presse)

Publicidade