Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ladrões realizam roubo milionário no aeroporto de Bruxelas

Veículo roubado transportava diamantes brutos e lapidados procedentes da Antuérpia e avaliados em 50 milhões de dólares (quase 100 milhões de reais)

Um grupo de homens fortemente armados atacou na noite de segunda-feira um caminhão que estava na pista do aeroporto de Bruxelas e transportava diamantes avaliados em 50 milhões de dólares (quase 100 milhões de reais), segundo o Centro Mundial de Diamantes, com sede na Antuérpia, que representa o setor. “Eram diamantes brutos e lapidados procedentes da Antuérpia e que seguiriam para Zurique, na Suíça”, afirmou um porta-voz da organização, que considerou este “um dos maiores roubos de diamantes da história”. Mais cedo, o canal de televisão belga VRT informou que o veículo transportava diamantes avaliados em 350 milhões de euros (mais de 919 milhões de reais).

Anja Bijnens (à dir.), porta-voz do Ministério da Justiça belga, chega à coletiva de imprensa para falar sobre o roubo milionário de diamantes no Aeroporto de Bruxelas, na noite desta segunda-feira

 (/)

Por volta de 20 horas de segunda-feira, dois veículos levaram cerca de oito homens armados até uma van de segurança perto do avião de passageiros suíço, de acordo com autoridades aeroportuárias. “Os homens estavam armados e mascarados. Não houve tiros, e ninguém ficou ferido”, disse uma porta-voz da promotoria pública de Bruxelas. Os criminosos conseguiram invadir a pista após romperem uma cerca no entorno do aeroporto e atacaram o caminhão no momento em que agentes transferiam os diamantes para um avião da Swiss, operado pela Helvetic Airlines, a partir do qual seriam enviados à Suíça. Depois do assalto, os homens conseguiram fugir, e apenas um dos carros usados no crime foi encontrado.

(Com agências France-Presse e Reuters)