Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Kim Jong-Un faz ameaças em aparente resposta a Obama

Por Da Redação 31 jan 2015, 09h12

O dirigente norte-coreano Kim Jong-Un afirmou que Pyongyang não ficará de braços cruzados “com cães raivosos latindo” sobre derrubar seu sistema socialista, em uma aparente resposta a comentários do presidente americano, Barack Obama, para quem o regime de Pyongyang está condenado ao fracasso.

Kim fez as declarações ao supervisionar manobras conjuntas da Marinha e da Aeronáutica norte-coreanas, que simularam um ataque contra um porta-aviões americano na Coreia do Sul, segundo a agência de notícias oficial norte-coreana (KCNA). A agência não divulgou detalhes ou a data das simulações de guerra, mas aparentemente aconteceram na sexta-feira. Kim afirmou ainda que a Coreia do Norte está disposta a enfrentar “qualquer tipo guerra, seja com Forças Armadas convencionais ou uma guerra nuclear”.

Em uma entrevista divulgada no YouTube, realizada na Casa Branca em 22 de janeiro, Obama mencionou a eventual queda do regime norte-coreano, que chamou de “a mais isolada, mais sancionada e hermética nação de toda a Terra”.

Na semana passada, um porta-voz da diplomacia de Pyongyang chamou as declarações de “bobagens”. “As recentes observações delirantes de Obama são apenas pobres grunhidos de um ‘loser’ (perdedor) encurralado em seu desafio que o opõe à Coreia do Norte”, disse a fonte.

A Coreia do Norte habitualmente divulga declarações grandiloquentes sobre os Estados Unidos e seus governantes. Recentemente chegaram a divulgar declarações racistas, quando chamaram Obama de “macaco” por estimular a exibição do polêmico filme A Entrevista, uma comédia que mostra um complô fictício para matar o dirigente norte-coreano. O país ameaçou com um “golpe demolidor irreparável”.

Coreia do Norte compara Obama a macaco após exibição de ‘A Entrevista’

O estúdio Sony foi vítima de ataques de hackers. Washington acusa Pyongyang de ter planejado o ataque virtual, o que a Coreia do Norte nega.

(AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade