Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Kim Jong-un executa 15 integrantes do governo e 4 músicos

As informações sobre as mortes foram confirmadas pelo serviço secreto sul-coreano

Por Da Redação 29 abr 2015, 07h31

Os serviços secretos sul-coreanos informaram nesta quarta-feira que o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, executou desde o começo do ano quinze membros do alto escalão de seu governo e quatro músicos de uma das principais bandas do país. Kim teria ordenado as execuções dos integrantes do regime por expressarem opiniões diferentes da sua. Já os músicos foram acusados de espionagem, disse um representante do Comitê de Inteligência do Parlamento da Coreia do Sul após se reunir com funcionários do Serviço Nacional de Inteligência em Seul.

Entre os representantes do governo mortos pelo ditador estaria o vice-ministro de Florestas, Rim Eob-sung, condenado à pena capital em janeiro após se queixar do plano de reflorestamento do país. Um mês mais tarde, em fevereiro, Kim teria ordenado a morte de um vice-presidente da Comissão de Planejamento do Estado, cujo o nome não foi revelado, indicou o deputado sul-coreano Shin Kyeong-min.

Leia também

Relatório acusa Coreia do Norte de apoiar organizações terroristas

EUA e Coreia do Sul criam comitê para responder ameaças da Coreia do Norte

Continua após a publicidade

Ativista envia cópias de ‘A Entrevista’ à Coreia do Norte

O vice-presidente teria sugerido ideias diferentes às propostas em um primeiro momento sobre o projeto de um grande edifício dedicado à ciência e à tecnologia nas margens do rio Taedong, que banha Pyongyang, capital do país.

“Quando há discordância, Kim Jong-un considera como um desafio a sua autoridade. Por isso ele executou os membros do alto escalão de seu governo. Para dar exemplo”, afirmou o Shin. “Ele controla estritamente os oficiais do Exército dando uma série de ordens urgentes. Se elas não forem cumpridas, ele os rebaixa de patente e, mais tarde, os exclui das Forças Armadas”, completou o deputado. Os serviços de inteligência sul-coreanos também divulgaram que os quatro músicos executados pertenciam ao famoso grupo Unhasu. As mortes teriam ocorrido em março.

Leia mais

Vídeo: ‘Obama’ e ‘Kim Jong-un’ protagonizam dueto em comercial

(Da redação)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)