Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kate del Castillo, a atriz mexicana que mediou o encontro de Sean Penn e ‘El Chapo’

Kate era a encarregada de produzir o filme que contaria a história de vida do chefe do tráfico

O contato frequente da atriz mexicana Kate del Castillo com o chefe do tráfico Joaquín “El Chapo” Guzmán teria sido uma das peças-chave na investigação que permitiu localizar e recapturar o criminoso, segundo a Procuradoria-Geral do México. Kate era a encarregada de produzir e realizar o filme que contaria a história de vida do traficante e foi a responsável por organizar o encontro clandestino de Guzmán com o ator americano Sean Penn.

Segundo a Procuradoria, os advogados de Guzmán teriam contatado Kate pela primeira vez em 2014, quando o chefe do tráfico ainda estava preso, para que ela produzisse um filme e um livro sobre o criminoso. Não se sabe ao certo a data do primeiro contato, mas a partir desse momento a atriz e “El Chapo” passaram a trocar cartas com bastante frequência.

Leia mais:

‘Não tenho nada a esconder’, diz Sean Penn sobre El Chapo

México quer ouvir Sean Penn sobre reunião com “El Chapo”

México inicia processo de extradição de “El Chapo” para os EUA

Depois da fuga do traficante, em julho do ano passado, a atriz se encontrou pessoalmente com Guzmán diversas vezes, no local onde estava foragido, nas montanhas do México. No mesmo dia em que o criminoso escapou da prisão de segurança máxima de El Altiplano, a atriz publicou uma mensagem em sua página no Twitter, dizendo: “Acredito mais em ‘El Chapo’ Guzmán do que nos governos que nos escondem verdades, mesmo que sejam dolorosas”.

Kate sempre teve grande admiração por “El Chapo”, algo que manifestou pela primeira vez em uma carta escrita e enviada ao traficante em 2012, na qual pedia que “traficasse para o bem”. A atriz, de 43 anos, é constantemente lembrada no México por seu papel na telenovela La Reina del Sur, em que interpretava uma chefe do narcotráfico. Del Castillo também interpretou uma criminosa na série americana Weeds.

Segundo o ator Sean Penn, tanto ele como Kate tiveram que recorrer a medidas rígidas de segurança, entre elas celulares descartáveis e comunicações cifradas, para marcar a reunião secreta com “El Chapo”. Contudo, foram os contatos da atriz com os advogados de Guzmán que ajudaram a polícia mexicana a localizar o traficante. Ainda não está claro se as autoridades mexicanas ou americanas estão investigando Kate, que vive atualmente em Los Angeles.

(Da redação)