Clique e assine a partir de 8,90/mês

Kamala Harris sobre Trump: ‘reconheço um predador quando vejo um’

Candidata à vice-presidência dos Estados Unidos faz apelo ao voto feminino

Por Ernesto Neves - Atualizado em 20 ago 2020, 01h01 - Publicado em 20 ago 2020, 00h46

A senadora democrata Kamala Harris aceitou oficialmente na noite desta quarta-feira 20 a indicação para ser vice na chapa com Joe Biden. Primeira mulher de ascendência afro-americana e indiana a concorrer ao cargo, Kamala discursou na Convenção Democrata após a fala do ex-presidente Barack Obama. E apelou fortemente para as questões de gênero.

“Minha mãe nunca poderia imaginar que eu estaria hoje diante de vocês falando essas palavras. Aceito sua indicação para vice-presidente dos Estados Unidos da América”, disse, emocionada. 

Filha de imigrantes, Kamala disse ainda que a ausência de estratégia de Donald Trump levou o país a sucumbir diante da pandemia do novo coronavírus. “O fracasso da liderança de Trump custou vidas e meios de sobrevivência”, afirmou.

“Esse caos nos deixou à deriva. A incompetência nos dá medo, e a insensibilidade nos traz solidão.  É o seguinte: podemos fazer melhor e muito mais. Devemos eleger um presidente que fará tudo diferente. Um presidente que reunirá todos, negros, brancos, latinos, asiáticos, indígenas, para alcançar um futuro que desejamos. Devemos eleger Joe Biden”, disse.

No momento mais assertivo, Kamala chamou atenção para as acusações de assédio sexual que já foram feitas a Trump. “Já lutei por crianças e sobreviventes de violência sexual. Eu lutei contra gangues internacionais. Conheço um predador quando vejo um”, disse sobre o atual presidente.

Continua após a publicidade
Publicidade