Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Kadafi nega fuga para o Níger em nova mensagem de áudio

Ditador líbio diz que informação é mentirosa e faz parte de "guerra psicológica"

Por Da Redação 8 set 2011, 04h36

Em mensagem de aúdio divulgada por uma rede de televisão síria, o ditador líbio Muamar Kadafi negou que tenha fugido para o Níger e classificou a informação como parte de uma “guerra psicológica”.

No pronunciamento, Kadafi ainda incitou os líbios a levantarem suas armas contra os rebeldes e acusou o Conselho Nacional de Transição (CNT) de ser uma frente dos poderes ocidentais. “A todos meus amados líbios, a terra líbia é vossa e tendes que defendê-la contra estes traidores, os cachorros, aqueles que estiveram na Líbia e que tentam apoderar-se da terra”, acrescentou. “Foram espiões para os italianos e agora são espiões para a França. Todos estes germes e ratos… Capturai todos os que trabalham com a Otan e o Reino Unido para bombardear nosso país e matar os líbios e as nossas crianças.”

Tema em Foco: rebeldes fecham o cerco a ditador líbio

O ministro das Relações Exteriores do Níger, Mohamed Bazoum, insistiu nesta quarta-feira que Kadafi não está no país. “Desminto categoricamente a informação que circula sobre a presença de Kadafi ou de algum de seus filhos no Níger”, disse Bazoum. O diplomata ainda declarou que, caso o ditador estivesse realmente no Níger, as autoridade estariam negociando sua entrega ao CNT.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade