Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Juiz se desculpa por piada racista sobre Obama

Por Saul Loeb 1 mar 2012, 12h22

Um juiz americano pediu desculpas depois de ter enviado um e-mail com uma piada racista a respeito do presidente Barack Obama, que equiparava os negros aos cães.

Richard Cebull, juiz distrital em Montana, informou que enviou a mensagem a um reduzido grupo de amigos, já que é um opositor do governo. O ministro reconheceu que a piada era racista, mas afirmou que ele não é, segundo o jornal Great Falls Tribune.

Cebull, que foi nomeado pelo ex-presidente George W. Bush, atua como juiz de distrito em Montana desde 2008 e enviou a mensagem a partir de seu e-mail institucional em 20 de fevereiro.

O juiz admitiu que enviou a mensagem a seis velhos amigos, segundo o jornal.

“Não era minha intenção de nenhuma forma que isto fosse de domínio público. Me desculpo a qualquer um que possa ter ficado ofendido, e com certeza posso entender como alguém se ofenderia”.

“A única forma que posso explicar isto é porque não sou um seguidor do presidente, mas isto vai além de não ser um partidário. Não enviei isto por ser racista, embora a mensagem seja. Enviei porque é contrário a Obama”.

Cebull insistiu que não é racista e que não tem preconceitos no tribunal.

Continua após a publicidade
Publicidade