Jovens universitários dão ultimato a órgão eleitoral mexicano

Por Da Redação - 1 jul 2012, 03h31

México, 1 jul (EFE).- O movimento de jovens mexicanos conhecido como YoSoy132 denunciou que o órgão eleitoral descuidou de suas funções como árbitro de processo democrático e lhe deu uma ‘última oportunidade’ para cumprir ‘com suas obrigações’ a fim de garantir a limpeza do pleito deste domingo.

A colocação foi feita no sábado durante uma manifestação na qual participaram milhares de pessoas que culminou no Zócalo (praça central), a enorme praça do centro da capital mexicana.

Este movimento irrompeu com força no México nas últimas semanas no meio da campanha eleitoral, a partir de críticas contra o candidato presidencial do Partido Revolucionário Internacional (PRI), Enrique Peña Nieto, e contra quem considera a manipulação da informação por emissoras de televisão.

Ao terminar a manifestação dos jovens, dirigentes do movimento leram um comunicado no qual tornaram públicos seus pedidos perante as eleições. EFE

Publicidade