Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jovem muçulmana compete de hijab em concurso de miss nos EUA

Halima Aden, de 19 anos, foi a primeira mulher a usar trajes muçulmanos no concurso de beleza Miss Minnesota, nos Estados Unidos

A jovem Halima Aden, de 19 anos, fez história no último fim de semana, ao ser a primeira mulher a competir com trajes tradicionais muçulmanos no concurso de beleza Miss Minnesota, nos Estados Unidos. Aden usou um hijab, o lenço que cobre a cabeça, para desfilar e também competiu com um burkini, traje de banho muçulmano, nas provas em que as modelos vestem biquínis.

De origem somali e nascida em um campo para refugiados no Quênia, a jovem se mudou para os Estados Unidos aos seis anos. Apesar de não vencer o concurso, Aden chegou à fase semifinal, no domingo, e disse esperar que sua participação ajude a combater preconceitos contra o islã. “Por muito tempo pensei que ser diferente era algo negativo, mas ao crescer, percebi que todos nascemos para nos destacarmos”, disse a adolescente, em entrevista à emissora CBS.

A decisão de permitir que Aden vestisse o hijab e o burkini durante o concurso precisou ser aprovada pela equipe organizadora do Miss Minnesota, mas não encontrou qualquer oposição. Segundo a jovem, outras competidoras também apoiaram a sua escolha, “o que fez tudo valer a pena”, disse à rede KARE-11. “Meu conselho é que elas sejam confiantes em suas próprias peles, sabendo que uma camada extra de roupas não define sua beleza, porque a beleza é algo interno”, comentou Aden.