Clique e assine a partir de 9,90/mês

John Hurt, de O Homem Elefante e Harry Potter, morre aos 77 anos

O ator, que também ficou conhecido por papeis em sagas pops como Alien, batalhava contra um câncer

Por Da redação - Atualizado em 28 jan 2017, 10h37 - Publicado em 28 jan 2017, 09h16

Morreu, em decorrência de um câncer, aos 77 anos, o  eclético ator inglês John Hurt, conhecido pelo talento como “camaleão”, por conseguir interpretar papeis de personagens completamente distintos. Com presença marcante no cinema e no teatro, esteve em obras que foram de peças de Shakespeare à primeira vítima da criatura espacial de Alien (1979); incluindo também o memorável papel como John Merrick, em o Homem Elefante (1980), do cineasta David Lynch. Por esse último trabalho, no qual encarnou o protagonista, um homem excluído da sociedade por sofrer de uma deformação facial radical, em decorrência de uma rara doença, concorreu ao Oscar, prêmio para o qual foi indicado também uma segunda vez, na categoria Melhor Ator Coadjuvante, pelo filme O Expresso da Meia-Noite (1978).

Nascido em 22 de janeiro de 1940, na cidade inglesa de Derbyshire, filho de um clérigo anglicano e de uma engenheira, o envolvimento de Hurt com o teatro começou na infância, quando assumia principalmente papeis femininos – por que, dizia ele, tinha estatura baixa e voz aguda. Seu primeiro filme, Um Grito de Revolta, data de 1962.

Desde então, fez múltiplos papeis, como em O Homem que Não Vendeu sua Alma e em O Espião que Sabia Demais. Entre os mais jovens, ficou conhecido também por fazer o papel do vendedor de varinhas mágicas Mr. Ollivander na saga Harry Potter.

Dizia Sir Hurt – em julho de 2015, recebeu o título de cavaleira pela Ordem Britânica, concedido pela rainha Elizabeth II: “Quando falo que atuar é uma maneira mais sofisticada de brincar de cowboys e indígenas, trata-se de uma forma de anular o que se tem de pretensioso em torno da profissão de ator.”

Publicidade