Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Japão: queda histórica de confiança empresarial

Por Da Redação 15 dez 2008, 06h53

O grau de confiança dos empresários no Japão, entre outubro e dezembro, registrou a maior queda dos últimos 34 anos, frente aos três meses anteriores, informou nesta segunda-feira o Banco do Japão (BOJ, banco central japonês). O índice ficou em menos 24 pontos, ou seja, 21 pontos menos que entre julho e setembro, quando marcou menos três pontos. É também a segunda menor marca da história no país. A queda evidencia que a segunda maior economia do mundo está entrando em recessão profunda e prolongada.

O indicador é a diferença entre a porcentagem de empresas que consideram a situação positiva frente às que acham que é negativa. Este é o quinto trimestre consecutivo de queda da confiança empresarial no Japão, segundo BOJ. Frente às previsões pessimistas, as empresas projetaram um novo declínio no índice, para -36, no próximo trimestre. O último levantamento foi realizando entre 10 de novembro e 12 de dezembro e consultou mais de 10.000 empresas em todo o Japão.

China – A produção industrial da China caiu em novembro para seu menor nível em quase sete anos, com um crescimento de 5,4% em relação a novembro do ano passado. Foi o quinto mês consecutivo de desaceleração. Em novembro, a redução das exportações, provocada pela diminuição da demanda global, e a retração do setor imobiliário do país prejudicaram as empresas chinesas, particularmente as indústrias pesadas, como as siderúrgicas e montadoras. O crescimento de novembro ficou abaixo dos 6,6% da média de projeções de 11 economistas consultados pela Dow Jones, e foi o mais baixo desde fevereiro de 2002.

Banco Mundial prevê crise de desemprego para 2009

Continua após a publicidade
Publicidade