Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Japão divulga caso de ‘falha grave’ com Boeing 787 em aterrissagem

Governo do país diz que episódio, ocorrido com avião da companhia Jetstar na última semana, poderia ter terminado em 'sério acidente'

Um avião Boeing 787 da companhia aérea australiana Jetstar registrou uma falha em seus dois reatores que poderia ter terminado em “sério acidente” quando pousou na última semana em um aeroporto no Japão, informou o governo do país.

O incidente, que não deixou feridos ou danos materiais, ocorreu em meio à crise que afeta a Boeing, como resultado de acidentes causados por dois de seus modelos 737 Max, um na Etiópia em março – no qual 157 pessoas morreram – e outro na Indonésia em outubro do ano passado, onde 189 faleceram.

O Boeing 787 da Jetstar Airways, da cidade de Cairns, na Austrália, de repente perdeu energia em seus dois reatores quando descia para pousar no Aeroporto Internacional de Kansai, no dia 29 de março, segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira pelo Ministério dos Transportes.

O piloto conseguiu corrigir a perda de potência e pousou de forma segura, explicou a nota do ministério, onde também afirmou que essa falha “poderia ter causado um grave acidente”.

As autoridades japonesas estão inspecionando a aeronave para tentar descobrir a origem da falha nos motores.

Como resultado dos acidentes aéreos acima mencionados, a União Europeia, os Estados Unidos e outros países suspenderam voos das aeronaves Boeing 737 Max e cancelaram seus pedidos para estes e outros modelos da empresa americana, a maior fabricante mundial de aeronaves.

(Com EFE)