Clique e assine a partir de 8,90/mês

Japão convoca embaixador na China em meio a tensão territorial

Por Da Redação - 15 jul 2012, 14h01

O governo do Japão convocou neste domingo para consultas seu embaixador na China, em meio a um aumento das tensões entre os dois países asiáticos devido a uma disputa territorial no Mar da China Meridional, informou a imprensa japonesa.

O diplomata Uichiro Niwa retornou a Tóquio para negociações com o ministro japonês das Relações Exteriores, Koichiro Gemba, sobre os últimos acontecimentos desta disputa.

De acordo com a agência de notícias Jiji Press, Niwa disse à imprensa que apresentará “um relatório e fará consultas” com Gemba.

Por sua vez, a Kyodo News afirmou que ainda não foi decidido quando Niwa retornará a Pequim. “Mas penso que terei que retornar depois do fim das negociações”, acrescentou.

Jornais japoneses, no entanto, afirmaram que Gemba negou que a convocação de Niwa tenha sido um protesto contra a China, e insistiu que se tratava apenas de fazer consultas.

Na semana passada, o Japão apresentou duas queixas formais contra a China depois que navios chineses navegaram por águas cuja territorialidade é disputada pelos dois países, perto de um grupo de ilhas que os japoneses chamam de Senkaku e os chineses de Diaoyu.

Depois do primeiro destes dois incidentes, o Japão chegou a convocar o embaixador chinês para expressar sua indignação.

Continua após a publicidade
Publicidade