Italianos começam a votar no 2º dia da eleição geral

Pier Luigi Bersani, líder da centro-esquerda, aparece como favorito para prêmio

Por Da Redação - 25 fev 2013, 06h49

Os italianos recomeçaram a votar nesta segunda-feira às 7 horas (3 horas em Brasília) no segundo dia das eleições gerais no país. Pier Luigi Bersani, líder da centro-esquerda, aparece como favorito, mas o pleito pode resultar em um Parlamento sem maioria estável. A votação termina às 15 horas (11 horas em Brasília) e os resultados serão anunciados durante a noite desta segunda.

Leia também:

Berlusconi vota em Milão em meio a protesto feminista

No primeiro dia de votação, 50% dos 47 milhões de eleitores compareceram às urnas para escolher 630 deputados e 315 senadores. Quatro coalizões principais – a de centro do atual primeiro-ministro, Mario Monti, a de direita do ex-premier Silvio Berlusconi, a de centro-esquerda liderada por Bersani e o movimento contrário ao sistema dirigido pelo humorista Beppe Grillo – disputam as eleições legislativas marcadas pela grave crise econômica que afeta a Itália.

Publicidade

As pesquisas mais recentes apontam a vitória de Pier Luigi Bersani, do Partido Democrático (PD), com quase 34% das intenções de voto, seguido pela coalizão de direita de Berlusconi, com quase 30%. Caso a expectativa se confirma, o político experiente deverá manter a Itália no rumo iniciado pelo tecnocrata Mario Monti e bem longe da imagem de Silvio Berlusconi, que ocupou o cargo em três ocasiões e foi obrigado a renunciar no ano passado em meio as dificuldades econômicas do país.

(Com agência France-Presse)

Publicidade