Clique e assine com até 92% de desconto

Itália prende líder da máfia calabresa dentro da casa da mãe

Condenado a três anos e quatro meses de reclusão, Giuseppe Aquino estava preso desde 201o

Por Da Redação 1 ago 2012, 19h17

A polícia italiana prendeu nesta quarta-feira Giuseppe Aquino, um dos principais líderes da máfia calabresa, em um bunker subterrâneo na casa de sua mãe, em Marina di Gioiosa Jonica, informou o jornal La Repubblica. Aquino, de 50 anos, é considerado faz parte da da ‘Ndrangheta, a organização criminosa mais perigosa da Calábria, na região Sul da Itália.

Foragido desde 2010, o mafioso foi condenado uma pena de reclusão de três anos e quatro meses. Segundo a polícia, o esconderijo onde ele estava era considerado seguro pelo bandido, pois foi construído no porão da casa de sua mãe. O fugitivo tinha acesso à residência por meio de um alçapão operado por um dispositivo eletrônico.

Segundo o procurador-adjunto, Nicola Gratteri, a prisão ocorreu com auxílio de campanas e grampo telefônico, aguardando o momento oportuno para flagrá-lo-lo fora esconderijo”. A promotoria acusa Aquino de envolvimento com o tráfico internacional de cocaína, com a ajuda de traficantes internacionais.

Publicidade