Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Itália: Bersani fracassa em formar governo

O presidente Giorgio Napolitano disse que buscará pessoalmente uma solução para o problema da ingovernabilidade do país

O líder da centro-esquerda italiana, Pier Luigi Bersani, fracassou em sua tentativa de formar um novo governo na Itália. De acordo com comunicado divulgado pela assessoria do palácio presidencial nesta quinta-feira, agora cabe ao chefe do executivo buscar pessoalmente outra solução para o impasse político no país. O Partido Democrático (PD) de Bersani, no entanto, anunciou que ele não desistiu da tarefa.

Saiba mais:

Ministro de Relações Exteriores da Itália renuncia

A Itália busca resolver a situação de ingovernabilidade desde as eleições de fevereiro, na qual a coalizão do PD não conseguiu maioria no Senado, embora tenha vencido na Câmara. Bersani se reuniu com Napolitano na noite desta quinta-feira para informar o resultado negativo de sua tentativa, explicando as dificuldades causadas por entraves e condições inaceitáveis.

Até o momento, o político centro-esquerdista rejeitou qualquer acordo com a direita do ex-premiê Silvio Berlusconi, do partido Povo da Liberdade (PdL) e não conseguiu conquistar a terceira maior bancada do parlamento, o Movimento Cinco Estrelas, do ex-comediante Beppe Grillo.

O presidente iniciará nesta sexta-feira uma nova rodada de consultados os partidos. Suas possibilidades são limitadas e incluem a nomeação de uma personalidade de fora dos partidos para comandar um gabinete de tecnocratas – situação igual à do atual premiê interino, Mario Monti -, ou a formação de uma coalizão transpartidária. Caso não consiga consenso, novas eleições deverão ser convocadas, o que só poderia acontecer durante o mandato do novo chefe do executivo, que deve ser eleito depois de junho. Pela Constituição, um presidente não pode convocar eleições em final de mandato.

(Com agências France-Presse e Reuters)