Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Israel mata principal líder do grupo terrorista Jihad Islâmica

Presidente Biden diz que governo americano está trabalhando para promover um acordo de cessar-fogo entre Israel e Palestina

Por Maria Eduarda Barros 17 Maio 2021, 12h00

Um ataque da Forças de Defesa de Israel (FDI) nesta segunda-feira, 17, matou Hussam Abu-Harbid, líder da Jihad IslâmicaA morte provavelmente provocará uma resposta feroz da organização terrorista, enquanto Israel continua com ataques constantes contra a Faixa de Gaza. 

Os militares israelenses alegaram que Harbid “estava por trás de vários ataques terroristas de mísseis antitanque contra civis israelenses”.

Abu-Harbid foi comandante da organização por mais de 15 anos e foi responsável por vários ataques antitanque contra Israel, incluindo um no último domingo em que um israelense ficou levemente ferido. 

Pelo menos 200 pessoas foram mortas na Faixa de Gaza e 10 em Israel nos conflitos da última semana.

  • O presidente americano Joe Biden disse que seu governo está trabalhando com palestinos e israelenses para buscar um acordo de paz, acrescentando que ambos merecem viver em segurança e proteção.

    “Acreditamos que palestinos e israelenses merecem viver em segurança e desfrutar de igual medida de liberdade, prosperidade e democracia”, disse ele em um vídeo transmitido em um evento que marcou o feriado muçulmano Eid no último domingo, 16.

    Continua após a publicidade
    Publicidade