Clique e assine com até 92% de desconto

Israel dá nome de Donald Trump a assentamento nas Colinas de Golan

Local foi batizado de "Ramat Trump", que significa "colina Trump" em hebraico, em homenagem ao presidente dos EUA, que agradeceu pelo Twitter

Por Estadão Conteúdo 16 jun 2019, 21h28

O gabinete do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, inaugurou neste domingo, 16, para inaugurar um novo assentamento batizado com o nome do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nas Colinas de Golan. O ato foi um gesto de gratidão pelo reconhecimento da soberania de Israel sobre o território pelo líder americano.

O assentamento já tem mais de 30 anos e uma população total de 10 pessoas. Israel espera que o novo nome estimule a sua expansão. O local ficou batizado como “Ramat Trump”, ou “colina Trump” em hebraico.

  • “É absolutamente lindo”, disse o embaixador norte-americano David Friedman, que esteve presente na cerimônia deste domingo. Ele lembrou que Trump fez aniversário na sexta-feira e afirmou: “Não consigo pensar em um presente de aniversário mais apropriado e mais bonito”.

    Netanyahu chamou Trump de “grande amigo” de Israel e descreveu as Colinas de Golan como um ativo estratégico importante. Pelo Twitter, o presidente americano agradeceu. “Obrigada Netanyahu e estado de Israel por esta grande honra!”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade