Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Israel convoca 9.000 reservistas para cercar a Faixa de Gaza

Ministério da Defesa de Israel anunciou a convocação nesta quinta-feira

Por Ernesto Neves Atualizado em 13 Maio 2021, 14h39 - Publicado em 13 Maio 2021, 14h08

O Ministério da Defesa de Israel anunciou nesta quinta-feira, 13, a convocação de 9.000 reservistas para reforçar a segurança na fronteira com a Faixa de Gaza.

As tropas formaram um cinturão de segurança em torno de Gaza e há possibilidade de incursões por terra.

Segundo afirmou o o porta-voz militar de Israel, Hidai Zilberman, ao jornal Times of Israel nesta quinta, o plano de invasão foi apresentado ao Comando Geral do Exército para aprovação.

As forças militares israelenses anunciaram que 600 alvos foram destruídos em Gaza. Entre eles está um prédio de 13 andares que era ocupada por escritórios do Hamas, grupo que controla Gaza e é considerado terrorista pela comunidade internacional.

  • Israel afirma que os bombardeiros aéreos são uma represália aos cerca de 1.300 mísseis lançados por militantes do Hamas.

    A maior parte dos artefatos, no entanto, vem sendo interceptada pelo Domo de Ferro, o poderoso sistema de defesa antiaérea israelense.

    Continua após a publicidade

    Esse é o sétimo dia de violência entre árabes e israelenses. O conflito foi desencadeado por confrontos entre manifestantes palestinos e policiais israelenses na mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém, no fim de semana.

    Até o momento, 87 palestinos, sendo 18 crianças, morreram, além de sete israelenses. Há ainda 500 feridos.

    Também nesta quinta-feira, mísseis foram interceptados sobre o Aeroporto Internacional Ben-Gurion, em Tel Aviv, o principal de Israel. O disparo das sirenes antiaéreas provocou pânico no saguão do aeroporto (assista abaixo).

    Continua após a publicidade
    Publicidade